in

Será que longe estremeces?

villain / vilão

Será que longe estremeces
Quando penso que te amo
Que pensamentos tu teces
Quando penso que te amo

A meio de um dia qualquer
Seja ele um dia feio ou belo
Ouvirás meu coração bater
Tão forte como um martelo

O sol nasce e penso em ti
Quando se espelha no mar
Lembro-me dos sóis que vi
Em teus braços a namorar

Sabes no que penso agora
Num dedilhar em que deito
Frio meu amor cá para fora
Cai para o iphone do peito

Um telefonema sem razão
Ou em mensagem de texto
Palavras simples de paixão
Sem motivo e sem pretexto

Me liga vai não me deixes
Aqui a pensar que te amo
Pregando amor aos peixes
Pensando que me engano

Sei que amor não engana
Mas sou homem imperfeito
E esse teu silêncio é chama
A que não quero ser sujeito

Praia e mais nada

Na praia III

villain / vilão

O Urso de Pelúcia