in

Em dias de luar

Luar entre nuvens

Há dias de luar
Em que a fresca luz
Te deixa resplandecer
Dum desejo forte de amar
Que vestes como alvo capuz
Do corpo nascido para amanhecer

Ânsias de luar
Em dias tórridos
De invernos imóveis
Primaveras com falta de ar
Em frios dias entre dedos sumidos
Debaixo de vidas forrando paredes frágeis

Liberdade no luar
É o que quero para nós
Respirar como beijo fundo
Pois como quem vive por amar
Ouve o eco longínquo da sua voz
No luar estendido no teu colo fecundo

Recolha de alimentos

Há os que…

Luzes de cidade

Encontraram-se