in

O início de Tudo

villain / vilão

No tempo em que nada havia
Nem mesmo tempo que se contasse
Vogava Deus como bem queria
Sem pouco que a incomodasse

Olhava com olhos que não tinha
Para o que inda não criara
E grande tristez’à mente vinha
Por tudo quanto não se passara

E vendo já negro o fim
Do que não começara
Arriscou mesmo assim
Frase que se exara:

FAÇA-SE LUZ!
E tudo criou
Partiu o negro capuz
E o universo rebrilhou

Depois disso, ficou cansado
E partiu para nenhum lado
É procurada desde então
Por homens de fé e de razão
Tarefa que é escusada
Porque não quer ser encontrada

um edifício mental, construído para reforçar a confusão e manter viva a chama
villain / vilão

Manual do Suicida – início

villain / vilão

Partida