fotos instantâneas

Invade-me a memória da tua pele na minha pele, dos meus lábios perdidos no teu pescoço, do mar cantado no teu cabelo que voa e soa a jugo de liberdade, à doce rendição de nos trazer comigo, sempre e a toda a hora.

Estás em mim como nas vidas que criamos; lançadas à vida, tão livres e autênticas, como o amor de que foram feitas. Estás em mim como a dor da partida. Como a imensidão do mar que te leva e trás em cada onda que me conforta o corpo nu.

lago de montanha invertido

Apenas azul

Silhuetas em palco

Hamlet